<BODY><iframe src="http://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID=35255839&amp;blogName=Spa+da+Andreia&amp;publishMode=PUBLISH_MODE_BLOGSPOT&amp;navbarType=BLUE&amp;layoutType=CLASSIC&amp;homepageUrl=http%3A%2F%2Fspa-da-andreia.blogspot.com%2F&amp;searchRoot=http%3A%2F%2Fspa-da-andreia.blogspot.com%2Fsearch" marginwidth="0" marginheight="0" scrolling="no" frameborder="0" height="30px" width="100%" id="navbar-iframe"></iframe> <div id="space-for-ie"></div>

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Pense como magra e dê adeus à gordura

Está na hora de agir como quem quer emagrecer e se livrar de uma vez por todas dos quilos extras


Photobucket



Você faz um enorme esforço, perde alguns quilos e fica toda empolgada com o resultado. Depois de algum tempo, porém, a força de vontade diminui e, quando vê, seu corpo já recuperou todo o peso de volta. Se isso lhe pareceu familiar, provavelmente você faz parte do grupo de pessoas que emagrecem o corpo, mas que continuam pensando como gordos.

"A única forma de conseguir resultados permanentes é passar a pensar como uma pessoa magra", afirma a nutricionista Teresa Labanca, do Hospital Balbino, no Rio de Janeiro. Ou seja, para chegar lá, é preciso adquirir novos hábitos e ter atitudes de quem está de bem com seu corpo, como:

Não pule refeições. O primeiro mandamento para quem busca o peso ideal é alimentar-se regularmente: no mínimo quatro refeições por dia. Os horários não precisam ser obedecidos à risca, mas não fique mais de quatro horas sem comer. "Quando você fica em jejum, o seu organismo libera substâncias de estresse. Essa é a principal razão para aumentar a compulsão alimentar", diz Teresa.

Apague os pensamentos gordos. Na próxima refeição, tente separar o que é fome e o que é gula. "Durante o almoço, antes de terminar o prato, faça uma pausa de 3 minutos. Se sentir vontade de comer, possivelmente é fome. Mas se achar está satisfeita, é gula", explica Fernanda Pisciolaro, nutricionista e membro da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica, ABESO.

Tenha um diário. É comum ouvir pessoas que estão de dieta dizerem: "Não sei por que não emagreço, eu só almocei salada". Muitas delas se esquecem de mencionar o cafezinho depois do almoço. Por isso, a melhor maneira de identificar os próprios deslizes e, conseqüentemente, corrigi-los, é anotando no papel tudo o que você come ao longo do dia.

Treine o autocontrole. Basta um aniversário na família para que toda a sua dedicação alimentar vá por água abaixo. "Você não precisa passar vontade, mas precisa ter autocontrole", afirma Fernanda. "Em vez de comer no automático, faça planos do que vai comer: 1 lanche, 5 salgadinhos e 2 brigadeiros, por exemplo", ensina a nutricionista.
Revista AnaMaria

Beijos

Kécia

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial